Pesquisar neste blog

Carregando...

sábado, 31 de dezembro de 2016

Sejam bem vindos!!!!

Queridos discentes! 
Esse blog é uma ferramenta de trabalho interativa, juntos o construiremos e intercambiaremos nossos saberes. Espero de vocês participação massiva para que nossas atividades possam fluir tranquilamente.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Revisão Avaliativa - 4º Simulado - SESI/CEFEM


Bom dia, TRISTES FINS!

Lembrem-se de preencher o nome COMPLETO. 
Estude um pouquinho, pois a sua situação não é muito BOA! :)

Click aqui!


Não se preocupem, a nota será igual ao   


do Professor! 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Gabarito - Livro 4 (PDT - SESI/CEFEM)

Gabarito
Livro 4

Página 10

1 – Os pronomes demonstrativos “NESTA/NAQUELA” são responsáveis por uma “amarração”, pois eles retomam as palavras COORDENAÇÃO/SUBORDINAÇÃO, respectivamente.
- A conjunção “MAS” – estabelece um sentido adversativo.
- “Processo de hierarquização” – refere-se à “subordinação”.
- O pronome relativo regido por preposição “em que” retoma “processo de hierarquização”.

2 -  A questão pede que você selecione um fragmento do texto e o desenvolva, articulando as ideias com elementos coesivos.
- No banheiro da casa de minha tia, o chinelo sempre está ; vaso, descarga, sempre estão quebrados, pois meu tio nunca tem tempo para fazer os consertos necessários. A irmã de minha mãe vai à loucura, quando observa que no toillet o creme dental está sempre aberto e a pia suja.

Página 12

3 -  Pode-se pensar que a ideia de “estilo” é um modo particular de se expressar, uma capacidade de manipular a linguagem com a finalidade de obter resultados estéticos satisfatórios.
O autor do texto chama de “desvio” um uso linguístico que se afasta de uma determinada norma gramatical com intuito expressivo.

4 – O assunto do segundo parágrafo é a expansão de uma ideia lançada no primeiro.

5 -  Sim, é pertinente, pois a língua é dinâmica, como um organismo vivo, e o desvio nem sempre precisa seguir rigorosamente a norma-padrão.

6 – Não haveria coerência nem coesão. Sem a expressão “a despeito de”, que introduz um valor concessivo em relação ao 3º parágrafo, o texto ficaria contraditório. O pronome demonstrativo “essas” retoma as observações que estão no parágrafo anterior, assim dando coesão e coerência ao texto.

7 – Resposta pessoal


Página 15/16/17/18
1 – e
2 –a
3-a
4-a

5. a) Desde que / Contato que
b) É necessário que se ascenda do humanismo do trabalho ao humanismo do ócio.

6 - No primeiro trecho o "que" não retoma nenhum outro vocábulo (é uma conjunção integrante), já no segundo, o "que" funciona como elemento de ligação, retoma a palavra 0- situações. 

7 – b
8 – e
9 – 01+02+04+08
10 – e
11 – e

12 – Para meu desespero, havia leitura obrigatória de livro indicado; porém, tive uma surpresa: era tão bom aquele livro que não me causou nenhum aborrecimento na leitura.

Para Aprimorar – página 18/19/20/21
1 – c
2 – d

3a) Problema de concordância nominal – “destes” se referindo às “máquinas”.
      b) Contudo, a Internet traz inúmeras vantagens. / Porém está trazendo alguma mudança...
      c) O uso de “a Internet” para retomar o assunto abordado.
          E o uso de “porém” para fazer uma relação de oposição.

4 – 02 + 04
5 – 02+04+08
6 – b
7 –a

8. a) As coisas não andam porque ninguém confia no governo e ninguém confia no governo porque as coisas não andam.
b) No texto do jornalista não houve inversão entre causa e efeito; nas duas orações a causa é a mesma: “ninguém confia no governo”. A estrutura de círculo só se completa quando o que é causa se torna efeito e o que é efeito se torna causa.

9. a) ... “a do povo que quer o que quer o príncipe que quer o que quer o povo”.
    b) “... a do povo que quer o que quer o príncipe (primeiro algarismo), que quer o que quer o povo (segundo algarismo) que quer o que quer o príncipe (terceiro algarismo); a dízima seria XYXYXY...
c) o pronome relativo QUE

10 – c

11. a) a expressão, a locução – apesar de – foi empregada de forma equivoca.
      b) “Além de” incluir enciclopédias em CD-ROM, “ainda” possui jogos que educam e divertem.